sexta-feira, 22 de junho de 2018

Nomes de novas escolas homenageiam ilustres educadores de Cabo Frio

21/06/2018
Uma tarde marcada por emoção, sonhos realizados e reconhecimento. Assim foi a cerimônia de inauguração das duas novas unidades escolares da Rede Municipal de Cabo Frio, ocorrida nesta quarta-feira (20), no Residencial Monte Carlo – Condomínio Minha Casa Minha Vida. O prefeito em exercício, Aquiles Barreto, e o secretário municipal de Educação, Alessandro Teixeira, receberam autoridades, comunidade e convidados para a entrega da Escola Municipal de Educação Infantil Professor João Trajano Bandeira Caixeiro e da Escola Municipal Professor José Francisco da Silveira Júnior.

SAIBA MAIS
“A escola pública é uma oportunidade que se abre ao futuro das nossas crianças e jovens”, destacou o prefeito, Aquiles Barreto, convidando a comunidade a abraçar o bem público que recebeu, cuidando e usufruindo de todas as possibilidades existentes. Filho dos professores Alfredo e Laura Barreto, Aquiles passeou pela sua própria história de vida ao relatar que a concretização das casas populares no município de Cabo Frio, onde estão as novas escolas, hoje um sonho realizado, começou a ser idealizado ainda em 2008, quando seu pai e um grupo de visionários do município deram início ao processo. Durante seu discurso, reconheceu o legado do professor Trajano à educação especial do município e o incentivo recebido do professor José Francisco, carinhosamente chamado de Juninho, que se encontra no alicerce da sua vida política.
“Na Educação, em primeiro lugar, estão a vida e o ser humano. Da creche ao ensino médio, é na escola que o futuro será decidido”, enfatizou o secretário Alessandro Teixeira, convidando os moradores a uma relação próxima com as unidades escolares, de pertencimento e cuidado. Na ocasião, a diretora da nova escola de educação infantil, professora Raquel Gomes de Oliveira Dias, se comprometeu a oferecer um ensino de qualidade, promovendo o desenvolvimento integral dos alunos, na sua amplitude, consolidando-se como referência no município.
Durante as homenagens, a assistida da Apae, Marina Gonçalves Silva, apresentou a coreografia “Para Trajano com Amor”, em reconhecimento ao seu amado professor, que marcou presença junto aos apaeanos por mais de duas décadas. Igualmente emocionada, Rute Silveira, em seu discurso, falou do exemplo do pai e professor Juninho. Lembrou que o legado deixado pelo professor José Francisco à população foi fruto de muita dedicação e estudo, de um sonhador que fez a diferença.
A solenidade contou, ainda, com a participação especial da banda Tambores Urbanos, que teve acompanhamento da plateia durante sua apresentação, além da empolgação dos assistidos a Apae e da musa do carnaval cabofriense, Nilma de Oliveira.
Matrículas
Com 20 salas, as novas escolas contemplarão os segmentos de Educação Infantil e Ensino Fundamental. Preferencialmente, as vagas serão preenchidas pelos moradores do próprio condomínio. As matrículas serão realizadas a partir do dia 25, na escola de educação infantil, e o início do funcionamento da creche está previsto para o dia 2 de julho. Como o ano letivo de 2018 está em andamento, serão aceitas apenas matrículas por transferência da pré-escola e ensino fundamental. Já para a creche, além das transferências, serão oferecidas matrículas novas.
Homenagens
Conforme a Lei N.º 2.011, de 30 de março de 2007, os nomes das novas escolas prestam homenagem a vultos ilustres da área da Educação. João Trajano Bandeira Caixeiro (1966-2014) nasceu no Rio de Janeiro e, em 1990, escolheu Cabo Frio como sua cidade do coração, onde constituiu família, desenvolveu a carreira profissional e recebeu o título de Cidadão Cabofriense. Licenciado em Educação Física pela Universidade Castelo Branco (1987) e especialista em Educação Especial, ao longo de mais de duas décadas, professor Trajano dedicou-se à educação das crianças e adolescentes da Apae e atuou na rede municipal de ensino, onde ingressou em março de 1990. Casado com Simone Almeida King foi pai de três filhos - Patrick, Erick e Rick.
José Francisco da Silveira Júnior (1958-2013) nasceu em Cabo Frio e formou-se em Engenharia Eletrônica (Cefet, 1980) e era licenciado em Matemática (Ferlagos, 1993). Atuou nas redes pública e privada de municípios da Região dos Lagos e também na docência superior. Entre seus legados, foi responsável pela implantação do Portal da Transparência e instalação de fibras óticas interligando as secretarias municipais de Cabo Frio em parceria com a professora Márcia Cristina Coelho de Almeida, com quem era casado. Foi projetista do Sistema de Gestão & Tecnologia (Sigete), utilizado pela Secretaria de Educação e, ainda junto à Secretaria Estadual de Educação, foi projetista do Sistema Sapi. Professor Juninho é pai de Raquel, Isabel, Rute, Natália e Carolina.

 Luto
Falece  Waldir  Pires, aos 91 anos, na  cidade de Salvador-Bahia.
Waldir Pires, governou a Bahia, deputado federal,estadual e vereador de  Salvador.

Mentes em Ação vai discutir a Doença de Alzheimer

2018-06-21 14:09:00 - Jornalista: Elis Regina Nuffer
Compartilhe:  
  •  
  •  
Arte do evento
Foto: Arte do evento
Encontro com exibição de filme será na próxima segunda, na Cidade Universitária
A doença de Alzheimer é o destaque do próximo episódio do projeto Mentes em Ação, na segunda-feira (25), na Cidade Universitária. Os organizadores escolheram o filme “Para Sempre Alice” para mostrar a patologia e as experiências vividas pelo paciente e seus familiares, os sofrimentos e ajudar a combater preconceitos e a procurar ajuda. O filme será exibido no Auditório Claudio Ulipiano, às 17h30, seguido de debate sobre os quadros demenciais em geral e as alterações da memória resultantes do envelhecimento. A entrada é franca.
O assunto será tratado com o público pelos profissionais médicos e professores Joelson Tavares Rodrigues, coordenador do projeto; Jussara Mathias Netto Khouri; Liz Silva Gonçalves e Maria Luísa Castro. O que eles pretendem passar para os participantes é que ninguém precisa enfrentar a doença ou qualquer outra demência sozinho porque há suportes disponíveis na rede de Saúde e, em eventos como o Mentes em Ação, é possível tirar dúvidas.

O projeto destina-se aos profissionais da área e a todo cidadão interessado nos temas abordados. O Mentes em Ação é implementado através do Centro de Formação Carolina Garcia (CFCG), vinculado à Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional, da Secretaria Municipal de Educação, junto com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O projeto nasceu para debater com profissionais e a sociedade em geral temas polêmicos ligados à saúde que fazem parte do cotidiano das pessoas. Os interessados em participar do Cinema e Debate devem se inscrever pelo e-mail: cinemaedebate@macae.ufrj.br.

No Brasil, mais de um milhão de pessoas vivem com alguma forma de demência e, em todo o mundo, são ao menos 44 milhões, tornando a doença uma crise global de saúde. O Ministério da Saúde define a Doença de Alzheimer (DA) como transtorno neurodegenerativo progressivo e fatal que se manifesta por deterioração cognitiva e da memória, comprometimento progressivo das atividades de vida diária e uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e de alterações comportamentais. Mais informações sobre estão disponíveis também no site: www.alz.org onde é possível fazer uma viagem interativa pelo cérebro e conhecer os caminhos da DA nele.

A Cidade Universitária está localizada na Rua Aloísio da Silva Gomes, 50, Bairro Granja dos Cavaleiros.

Mentes em Ação vai discutir a Doença de Alzheimer

2018-06-21 14:09:00 - Jornalista: Elis Regina Nuffer
Compartilhe:  
  •  
  •  
Arte do evento
Foto: Arte do evento
Encontro com exibição de filme será na próxima segunda, na Cidade Universitária
A doença de Alzheimer é o destaque do próximo episódio do projeto Mentes em Ação, na segunda-feira (25), na Cidade Universitária. Os organizadores escolheram o filme “Para Sempre Alice” para mostrar a patologia e as experiências vividas pelo paciente e seus familiares, os sofrimentos e ajudar a combater preconceitos e a procurar ajuda. O filme será exibido no Auditório Claudio Ulipiano, às 17h30, seguido de debate sobre os quadros demenciais em geral e as alterações da memória resultantes do envelhecimento. A entrada é franca.
O assunto será tratado com o público pelos profissionais médicos e professores Joelson Tavares Rodrigues, coordenador do projeto; Jussara Mathias Netto Khouri; Liz Silva Gonçalves e Maria Luísa Castro. O que eles pretendem passar para os participantes é que ninguém precisa enfrentar a doença ou qualquer outra demência sozinho porque há suportes disponíveis na rede de Saúde e, em eventos como o Mentes em Ação, é possível tirar dúvidas.

O projeto destina-se aos profissionais da área e a todo cidadão interessado nos temas abordados. O Mentes em Ação é implementado através do Centro de Formação Carolina Garcia (CFCG), vinculado à Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional, da Secretaria Municipal de Educação, junto com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O projeto nasceu para debater com profissionais e a sociedade em geral temas polêmicos ligados à saúde que fazem parte do cotidiano das pessoas. Os interessados em participar do Cinema e Debate devem se inscrever pelo e-mail: cinemaedebate@macae.ufrj.br.

No Brasil, mais de um milhão de pessoas vivem com alguma forma de demência e, em todo o mundo, são ao menos 44 milhões, tornando a doença uma crise global de saúde. O Ministério da Saúde define a Doença de Alzheimer (DA) como transtorno neurodegenerativo progressivo e fatal que se manifesta por deterioração cognitiva e da memória, comprometimento progressivo das atividades de vida diária e uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e de alterações comportamentais. Mais informações sobre estão disponíveis também no site: www.alz.org onde é possível fazer uma viagem interativa pelo cérebro e conhecer os caminhos da DA nele.

A Cidade Universitária está localizada na Rua Aloísio da Silva Gomes, 50, Bairro Granja dos Cavaleiros.

Brasil passa pela Costa Rica e se aproxima das oitavas da Copa

AFP / Olga MALTSEVACoutinho cumprimenta Neymar após o gol deste último
Foi no sufoco, mas o Brasil arrancou uma dura vitória sobre a Costa Rica por 2 x 0, nesta sexta-feira, em São Petersburgo, graças aos gols de Philippe Coutinho e Neymar nos acréscimos da partida, um resultado que aproxima a Seleção da classificação às oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia.
Diante de um verdadeiro paredão costarriquenho, o Brasil martelou, chutou, tentou... e só chegou à vitória após o fim do tempo regulamentar, quando Coutinho apareceu na área para mandar de bico um cabeçada para o meio da área de Roberto Firmino (90+1).
Aliviada, e diante de uma Costa Rica entregue e exausta após o esforço feito durante a partida para manter o placar em 0 a 0, a Seleção fechou a conta com Neymar, empurrando para as redes um cruzamento de Douglas Costa aos 6 minutos dos acréscimos.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Exposição sobre Folia de Reis fica em cartaz até 30 de junho

Exposição sobre Folia de Reis fica em cartaz até 30 de junho
A Exposição Fotográfica “Viva Santos Reis”, que retrata a Folia de Reis na Região Sudeste, é atração no hall de entrada da Prefeitura de Quissamã. A mostra, em cartaz até 30 de junho, reúne 85 fotografias de cinco profissionais, que registram a manifestação cultural religiosa nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, e integra a programação elaborada para marcar o 29º aniversário de emancipação político-administrativa do município.
Pesquisador e curador da exposição, Daniel Arrebola foi o responsável pelo material na Região dos Lagos e Norte/Noroeste Fluminense. Ele tem como parceiros Mauro Rodrigues e Nane Camargos, que fizeram os registros em Minas Gerais; Andréa Silva, que fotografou em São Paulo; e Ratão Diniz, na Região Metropolitana do Rio. O curador comentou que a exposição completa, atualmente em cartaz no Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (Mart), estará em Quissamã no segundo semestre.

“A Folia de Reis é uma manifestação típica da Península Ibérica e chegou ao Brasil com a Corte Portuguesa. Vários grupos organizados, em cidades como Cardoso Moreira, Italva, São Fidélis, Cambuci e Miracema, mantêm viva a louvação à Sagrada Família”, ressaltou Daniel.

“Copa na Praia” vai juntar torcida pela Seleção Brasileira novamente nesta sexta (22)

21/06/2018
O projeto “Copa na Praia”, organizado por comerciantes do setor de bares e restaurantes da Avenida Nilo Peçanha, está pronto para acontecer nesta sexta (22). O evento acontece nos dias de jogo da Seleção Brasileira e conta conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Cabo Frio na organização do trânsito, entre outras medidas.

SAIBA MAIS:
A edição desta sexta não vai contar com a orla da Praia do Forte fechada, mas a Av. Nilo Peçanha estará fechada para o trânsito de veículos, de 07h às 22h, nos dois sentidos, no quarteirão próximo à praia, para garantir a segurança da torcida. Os comerciantes vão ser responsáveis pela colocação de um telão de LED, onde os jogos serão transmitidos, e montagem de um tablado para os shows com música ao vivo que acontecerão após os jogos.

O “Copa na Praia” é  uma realização dos comerciantes, com apoio da Secretaria de Turismo, Coordenadoria de Eventos, Superintendência de Indústria e Comércio, Guarda Municipal, Fiscalização de Posturas e COMSERCAF.