quinta-feira, 23 de março de 2017

Macaé se destaca em torneio nacional de robótica

2017-03-23 13:43:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
  •  
  •  
  •  
Foto da equipe de robótica
Foto: Divulgação
Equipe Robóticos Daflon foi uma das cinco escolas públicas do torneio
A equipe "Robóticos Daflon", com estudantes do Colégio Municipal Edda Moreira Daflon (Imbetiba), foi um dos destaques do Torneio Nacional de Robótica, encerrado em Brasília nesta semana. O evento contou com 74 equipes. Deste total, apenas cinco escolas são públicas, incluindo os integrantes de Macaé. O próximo evento que os alunos e professores macaenses vão participar será o "Arduyno Day", programação que vai acontecer no dia 1 de abril, na Escola Nave, no Rio de Janeiro.
Os representantes da rede municipal fizeram bonito na programação. Mesmo com pouca idade, os "Robóticos Daflon" mostraram responsabilidade de veteranos. Eles apresentaram o projeto "Insecdroid". Cada movimento dos robôs foi programado minuciosamente pelas equipes. Na oportunidade, alunos como Helena Nunes e Jorge Amado, destacaram pesquisa em que um protótipo da semente da planta crotalária, que atua na identificação da larva do Aedes aegypti. O trabalho também foi desenvolvido na escola durante campanha de prevenção ao mosquito.

Para a aluna participar de torneios é um sonho realizado. "O fato de sermos selecionados para programação em Brasília é uma conquista e tanto. Tudo foi maravilhoso. Conhecemos pessoas de todos os lugares e aprendemos muitas coisas diferentes", conta Helena, de 13 anos.

Diante da ida a Brasília, a responsável pela robótica na rede municipal, Luemy Ávila, afirma que Macaé está se fortalecendo na robótica educacional e se consolidando como um projeto bem sucedido entre os estudantes. "Esta programação foi inesquecível e com certeza será mais do que positiva para o futuro de nossos alunos. A oportunidade de aprender sempre enriquece não somente os alunos participantes, mas todos os integrantes do projeto", conta.

Durante o Torneio Nacional de Robótica, os visitantes tiveram oportunidade de assistir disputas com robôs de Lego, projetados e programados pelos estudantes baseadas no tema da temporada: Animal Allies (Animais Aliados),

Robótica em Macaé - Em Macaé, 1.200 alunos participam diretamente do programa #inovareaprender em 11 estações de trabalho que funcionam nas escolas municipais. Eles estão se dedicam aos trabalhos que envolvem inovação, tecnologia e ciência. Segundo Luemy cerca de 5 mil estudantes são envolvidos indiretamente no projeto. "A inovação atrai o interesse de novos alunos e professores diariamente", conta.

Para se aperfeiçoar e aprender novas estratégias ligadas à robótica, os alunos do 4º ano ao Ensino Médio fazem parte do programa que conta com o laboratório "#inovareaprender" do Núcleo Municipal de Robótica, espaço que funciona na Cidade Universitária. O local realiza atendimento específico aos alunos e universitários, realização de cursos, oficinas, programação, experiências com protótipos e pesquisas. No mês de abril serão iniciadas as oficinas de programação e prototipagem.

A Iniciação à Robótica é uma parceria com a Odebrecht Óleo e Gás por meio do “Escola em Ação”, Senai, Sesi, Confederação Nacional da Indústria e das empresas, Renavi e Subsea7. Na lista também estão os polos das universidades Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-Macaé) e Federal Fluminense/Polo Macaé e Faculdade Municipal Professor Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário